Argentina deve acertar plano econômico com o FMI e apresentá-lo ao Congresso em seguida

País precisa renegociar as dívidas que não pode pagar e recuperar o acesso aos mercados financeiros internacionais

pt_BR